sábado, 31 de dezembro de 2011

Viva 2012! e reflexão de ano novo :)


** Estrela da Vida
    Estrela da Aurora*

2012
Como vai ser a tua pegada em 2012?
Vais continuar o ciclo de repetição e rotina ou vais aventurar-te e viver?
Vais continuar a controlar, a processar em esquemas rígidos do quotidiano ou vais caminhar com esse mapa em branco confiando que as indicações estão lá quando as precisas pois vives no Agora e só por hoje?
Vais continuar a dar respostas da mente, a citar os livros magníficos que lês e aqueles autores que eram extraordinários há 20-30-50-100-1000 anos ou atreves-te a SENTIR e a encontrar as tuas próprias respostas mesmo que não as consigas pôr em palavras e que não façam sentido a mais ninguém?
Vais seguir a onda da consciência de massas, dos teus grupos, dos teus colegas/amigos, da tua família ou vais criar a tua própria onda livre e autónoma, auto-suficiente energeticamente, nesse manancial infinito de luz e consciência que És Tu já nesta vida?
Vais continuar à espera de um “salvador” seja na religião, nos grupos, nos mestres, no extra-terrestre louro J, no anjo de asas douradas, no ser intraterreno de pele colorida JJ, no terapeuta, no professor ou vais Ser o CRIADOR que desenha a sua própria vida, que experiencia os inúmeros potenciais, que sabe que toda a energia está disponível para ser comandada, que confia que tudo vai bem?...
Ah 2012!
Planeamos ter festa de aspectos e máscaras J, mais Ondas na Rede Cristalina já em Janeiro em novos fractais, Escolas de Mistérios e visitantes estrangeiros… os potenciais estão lançados, que venham os mais alegres, expansivos, integradores!
Contamos contigo!
É nossa escolha que 2012 passe por nós nessa realidade bela e de auto-realização a que nos habituámos, mas sempre indo mais além. Já sabes que não vamos nessas histórias de dramas e desgraças. Em 2012 vamos celebrar e iluminar por aí!!!
E numa respiração consciente deixamos ir, desapegamo-nos de 2011, de suas glórias e suas (des)ilusões, mais leves para começar de novo.
Ah 2012! Nem podemos esperar que chegue 2013 ;) para vermos esse mundo novo que criámos… mas um dia de cada vez, só por hoje… respiramos fundo e esperamos que muitos mais que têm andado distraídos se decidam juntar a nós com este empurrão do 12 para esta nova visão de viver, do planeta, da alma.
12 = 3, trindade=compleição=realização, Ser o Criador Manifestando o Cristo Interno
e também um 5 de Evolução-Mudança-Liberdade, número da sensualidade, reencontro com a consciência Divina, a bem aventurança, a câmara secreta, a natureza original do homem, comunhão e equlíbrio dos elementos. Para os egípcios, o pentagrama era o útero da Terra, mantendo uma relação simbólica com as pirâmides (humm…).

Lembra-te de ir respirando por 2012  para ires vendo sempre o rumo e o caminho a seguir.
Se te deixares ir além da neblina verás mil e um potenciais, manterás a esperança e a confiança.
Lembra-te que Tu és o teu melhor investimento e bastam uns instantes, uns minutinhos do teu dia para te trazerem sol, luz e calor J
      Namasté
      Patrícia
Feliz 2012!
                                       Com a
Estrela da Vida
Estrela da Aurora



quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Sinfonias da Aurora


Joe Dassin  -  Et si tu n'existais pas

Ora as Sinfonias da Aurora: de 2011 a 2012 terminaram com um toque français bem saint-germainesco que tem andado por aí numa chanson d'amour à Nossa Essência, versão energeticamente livre - para nós que o escolhemos  - de lamechices e vírus, puro amor e regozijo. E mais em sintonia e integração do Ser para viver plenamente todos esses belos potenciais que aí vêm!

Belos momentos de toning, depois as nossas melodias EVEA e fazendo a vontade ao amigo SG viajando até Paris, cité de l'amour nos Champs Ely
sées! E um pézinho de dança :))

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

"Shaumbra Blues"



Those appropriate Shaumbra Blues...Oh Yeah.
Written and performed by Divishti.

Alegria e criatividade dos Shaumbra aqui com a irreverência e liberdade australiana. Do melhor!


E sim já está traduzido o Shoud de Dezembro aqui
e o vídeo disponível aqui (é necessário clicar no fim da lista onde diz 4. Life Designers para ter video correspondente)
E destacamos também o programa de rádio New Potentials de David Macmaster com Marisa Calvi e Kuthumi que está disponível para ouvir em qualquer momento aqui.
Adamus no Shoud fala do esgotamento mental de Kuthumi e do seu encontro com a sua Essência e a sua Iluminação-Ascensão. Kuthumi volta a falar neste programa do seu encontro com Ah-ki-Rah (a canalização Encontro da Alma é incomparável! aqui) e como se manifestou essa viagem de ser iluminado em corpo físico nos últimos anos da sua presença na Terra.
Aproveitem!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Boas Festas

A todos
os meus leitores
e a todos os alunos da

Desejo

Um Natal

cheio de coisas boas e docinhas
 

muita alegria
muita fantasia
muita partilha!
 
Para encerrarmos 2011 em glória


vivendo o ano da expansão

e da Iluminação!

Dando boasvindas a 2012

Renascendo

Integrando a Mestria

Expressando a Essência!

  
**Feliz 2012!**

Estrela da Vida Estrela da Aurora

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

2011 - Reflexão final

  De 2011 a 2012

    E tu? Como estás?
2011 foi ano de tantas mudanças, tantas expectativas, tantos abalos, tanto caos, tanta expansão… Tantas foram as questões, tantas dúvidas sobre o que se passa: se é verdade, se é ilusão, se estamos a conseguir, se já lá estamos, se sabemos escolher, se estamos a enganarmo-nos mais uma vez … pois é…
O ano começou com reboliço, mas se conseguiste ir respirando bem fundo e declarando que isto não te pertence, que são confusões, medos e dúvidas, ressonâncias maioritariamente da consciência de massas que ainda chegam até ti, decerto alcançaste aquele momento em que chegou aquele sopro de ‘bliss’, a benção da graça, aquela sensação de bem-estar que vem nem se sabe de onde. Pode ter sido temporário mas sabes que algo chegou. E sei que até estiveste com atenção às mudanças exteriores, a esses ventos que trouxeram primaveras árabes, tsunami ao Japão, terramotos um pouco por todo lado, as temperaturas mais estranhas de Agosto, tornados, tufões, enxurradas que levaram tudo à frente quase em todo o palmo deste planeta, bem como notícias de chuvas de meteoritos, de tempestades solares, de auroras boreais, de alterações electromagnéticas, de novos planetas, novas galáxias por esse universo fora… isto já para nem falar dos abalos finais nas finanças mundiais, nos alicerces das estruturas de poder, na credibilidade das instituições e do que restava das figuras de proa…
Sim, o caos está instalado e nem as profecias e previsões parecem funcionar J (hahahaha).
Tudo se movimenta tão rapidamente que parece que andamos em areias movediças. Mas sabes que mais? Estamos a aprender como se funciona nesta nova maneira de ser: estamos a tornar-nos adaptáveis, a ter essas soluções criativas sempre à mão (a gnost de que fala Tobias), a aprender como uma respiração consciente nos coloca nesse ponto de equilíbrio de onde podemos começar outra e outra vez mais revigorados e confiantes. Foi num ápice? Sabemos que não e que é desafiante, mas descobrimos que somos capazes JJ. Um cheirinho de Nova Energia!
E mais desapegados... Podes dizer que não é bem por vontade própria, que são as circunstâncias que te levam a suprimir o supérfluo. Eu direi que podes ir na via suave ou podes ir ao sabor das circunstâncias – dos outros. Por isso se começaste a avaliar em ti, na tua vida, no teu envolvente o que é realmente importante e a fazer as tuas escolhas tudo é mais simples e começas a ter consciência de como a energia funciona, como a consciência se manifesta… e a falta dela…



Clarificação foi a chave de início do ano. “2012 está já aí, vamos lá ver o que ainda é preciso consciencializar e integrar”. Ui!... Clarificação traz mexidelas na energia, não é? Talvez ver o que evitamos ver… em nós, claro, os outros espelham o que por cá vai… Limpos estavam os armários e gavetas, faltavam os compartimentos escondidos J Passo seguinte: escolher. Eu posso dizer que 2011 foi o ano das escolhas e com isso o ano da liberdade (hummm… até Adamus fez um Shoud sobre isso)[1]. Não é fácil, mas essa liberdade que vem com essa compaixão por nós mesmos é preciosa e inigualável. A sociedade não está habituada a que o ser humano se valorize e se ame, vigora essa visão falsa (pois quem a vive e se realiza nela de facto?) de viver para os outros, de ser altruísta que acaba por ser ilusão e que torna muitos presos a uma espiritualidade ou religião que nunca os satisfaz plenamente, pois estão a projectar-se na sua incompletude, muito num jogo mental de máscaras…
Haverá quem se arrepie com as últimas palavras, mas sim: 2011 foi um ano de jogos da mente. Pareceu-nos que o mundo vai louco, que as pessoas andavam perturbadas, mesmo alienadas, que por vezes nós mesmos íamos ficamos doidinhos da silva com essas vozes que não se calam na nossa cabeça, esses aspectos que jogam as últimas cartadas para manterem o domínio conhecido do conforto da mente a regular as nossas vidas, muito da consciência de massas a clamar pela sua quota-parte. E com isso houve uma energia de revolta e raiva interior que percorreu o planeta e se manifestou em cada um das mais diferentes formas. Muitos fecharam-se, bloquearam com essa energia que não conseguiram ou não quiseram identificar a tempo, muitos surpreenderam-se com a força desse sentimento que não sabiam ter ainda em si, mas sabiam que Não Eram esse sentimento. Poderão dizer que era natural com as conjunturas astrológicas, com isto e com aquilo, eu retenho essa grande sensação de alívio ao retornar ao meu estado natural de Ser bem mais pacífico para comigo e para com o mundo. O que foi preciso? Uma escolha e muitas respirações. Persistir. Procurar manter pontos de conexão com a Essência, essas ferramentas básicas, e explorar novas conexões, reconfigurar-me num só Corpo de Consciência. Talvez o grande desafio seja manter o ponto de distância em relação aos outros, ao exterior, para reconhecer os diversos jogos e os botões que estão a ser premidos e que não têm necessariamente a ver connosco.

2011 ano da clareza. Houve momentos ao longo do ano em que tudo parecia envolto num nevoeiro imenso. Quando de repente passa, vês o que tens em redor; aqui posso falar por mim: ver a luz, a paz, a alegria da Consciência em manifestação, mas ver também o que ainda está estagnado, baço… essas pequenas questões internas que persistem, esses aspectos renitentes que se apresentam insolúveis. Falo de aspectos da psique, medos que perpassam as existências e que sabem que estamos no limiar de algo novo e que borbulham resistindo. Obsessores, manipulações, e energias mais densas tudo está já para trás para mim e para a maior parte de vós. Prevalecem resíduos, prevalecem esses aspectos, prevalecem ressonâncias com a consciência de massas que alimentam um pouco essas portinholas e que a mente faz parecer gigantescas. Vamos respirando, escolhendo, vivendo.
2012 ano da celebração. Como não? Temos aguardado amorosamente por esta data mágica. O problema talvez esteja naquelas partes de nós que nem acreditavam que cá chegaríamos, que viria a hecatombe e o apocalipse final. E afinal tudo se tem resolvido suavemente. Porquê? Porque ignoro e procuro nem pensar no que se passa ou pode passar? Nop, porque tomamos consciência desses potenciais latentes de renovação pela destruição, de tábua rasa, etc e transmutamos essas ressonâncias em nós e escolhemos, sonhamos um mundo melhor, mais pacífico e com compaixão por todos os seres, mesmo e principalmente por aqueles que consideramos responsáveis por tanto desequilíbrio. Como chegar aí? Aceitando e olhando de frente os nossos próprios desequilíbrios, respirando-os, abraçando-os, continuando o que sabemos ser o nosso caminho, esse sonho de fusão, integração e expansão, criando esse mundo novo para nós. Tobias chamou-nos de pioneiros, Adamus de visionários. Claro que é algo que se interliga: um pioneiro desbrava caminhos, aqui caminhos de Nova Energia; o visionário está a sonhar e a expressar esse sonho de um caminho livre e radioso, a partilhar a sua visão para que se materialize, para que se plasme, para que os outros que vêm a seguir possam ter o caminho mais leve e para que possam levar as suas próprias visões ainda mais longe, até ao dia – seja ele quando for (para o visionário o tempo já não existe) – em a consciência de massas alcançará também esse mundo novo.
2012 é o ano da celebração da chegada oficial, da passagem do portal 11 da expansão da consciência rumo à iluminação. Agora tu, Mestre envergonhado, sabes que há muitos ritmos, que há muitos percursos e atalhos, que, quando te perguntas e te perguntam onde está essa iluminação, às vezes ainda te engasgas… podes viver essa iluminação e ascensão Já Aqui e Agora como podes ir andando e procrastinando, é uma escolha. Podes aceitar esses momentos de graça e honrá-los e valorizá-los como podes continuar qual D. Quixote com seus moinhos de vento… Tu és somente responsável por ti e pela tua pegada, o que te impede ainda – se é o caso - de viver esse êxtase de Ser? Lembra-te de ter atenção às desculpinhas = energia vítima: toma consciência delas e resolve o que fazer. Nunca foi tão fácil, nunca houve tanta energia disponível como agora para ti e para todo o planeta… Estás acomodado? Se te serve essa acomodação deixa-te estar, senão levanta-te e põe pés ao caminho. Se fores ‘sozinho’ não te preocupes J a tua Essência só está à tua espera, de mais ninguém. Nos entretantos respira fundo connosco e partilhemos com honra tudo o que alcançamos e sabe que ‘solidão’ é amnésia cósmica. Uma miríade de anjos rodeia-te para te honrar e para te servir. Tu Já És Aquele por Quem tens Estado à Espera!
Vive o Eu Sou!
Faz essa infusão e essa fusão final!
Dá o salto na espiral!

Namastê

Eu Sou
Patrícia Almeida

Sempre com muita Cª   JJJ

Boas Festas


[1] Ver Shoud de Fevereiro: O Dilema da Liberdadewww.novasenergias.net/circulocarmesim/canalizacoes ou www.crimsoncircle.com


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

sábado, 10 de dezembro de 2011

Para melhor entender, consciencializar, integrar, reconfigurar tudo o que este ano de 2011 nos trouxe e preparar para a nova onda, ainda mais intensa da frequência cristalina nascente, rumo a 2012,convidamos-te para a Série de pequenos eventos:
Sonhos de Casa
Sinfonias da Aurora: de 2011 a 2012

imagem retirada da net


dia 1 de Dezembro, quando fazem 3 anos sobre o 1º workshop da rede cristalina - 15h - inscrição até dia 29
dia 18 de Dezembro, 15:30h- inscrição até dia  15
dia 28 de Dezembro, 20:18h - inscrição até dia 26

Valor: 10€

para os alunos

N - Não é necessário participar em todas as sessões,
mas não deixes para a última a tua activação e recodificação multidimensional...


A explorar:
Casa? É onde Eu Sou com a minha Essência

E tu? Como estás?
2011 foi ano de tantas mudanças, tantas expectativas, tantos abalos, tanto caos, tanta expansão… Tantas foram as questões, tantas dúvidas sobre o que se passa, se é verdade, se é ilusão, se estamos a conseguir, se já lá estamos, se sabemos escolher, se estamos a enganarmo-nos mais uma vez … pois é…
O ano começou com reboliço, mas se conseguiste ir respirando bem fundo e declarando que isto não te pertence, que são confusões, medos e dúvidas, ressonâncias maioritariamente da consciência de massas que ainda chegam até ti, (...)

Etc
Etc



sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

NASA confirma primeiro Planeta em Zona Habitável



NASA confirma primeiro Planeta em Zona Habitável: Kepler 22-b (5/12/2011). Será maior que a Terra, com temperatura média de 22º...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Uma casa 'Hobbit' sustentável

Simon Dale cumpriu o seu sonho e construiu a sua casa por 3mil libras aproveitando a localização e os declives do terreno, as madeiras das matas próximas, terra das áreas escavadas e materiais simples. Tem lareira com acumulador de calor e painéis solares, além disso o tipo de construção com barro e palha permite climatização.


simondale.net

Eu tenho uma grande simpatia por estas casas que se integram tão bem na paisagem e que propõem novas possibilidades de eco-construção, aqui com valores estéticos intrínsecos e também um pouco de conforto (embora não tenha percebido onde é a casa de banho, para mim um espaço essencial para uma vida confortável e - vá... já não estamos na Idade Média, sustentáveis sim mas com dignidade).



Um artigo do Daily Mail publicado ontem aqui e o site de Simon Dale com dicas de construção a acompanhar o historial de evolução da obra aqui.




É esse sonho de um mundo mais equilibrado e de vivências mais em comunhão com a natureza e com o envolvente, com pouco impacto e bem integradas que permitam esse respirar pleno.


Imagens de outras propostas aqui

Há já várias propostas imaginativas e criativas, umas mais místicas, outras mais realistas, outras mais despojadas e nem sempre apelativas pois acabam por ser muito básicas. Os Visionários :) vão espalhando a sua criatividade e neste mundo de finanças colapsadas - já nem digo em colapso - cada vez faz mais sentido uma nova maneira de ver os recursos e a ligação à terra. Lá dizem as pessoas das aldeias que para eles a crise ainda não chegam pois têm as suas hortas, os animais, as suas terras.

 Aqui uma versão ecofashion de um restaurante na Nova Zelândia numa casa da árvore.


E aqui um artigo com as 10 melhores casas de árvores em 2008. Um pouco de devaneio e sonho neste dia feriado :)


Claro que já há inúmeros projectos de qualidade de gabinetes de arquitectura que trabalham em fazer pontes entre mundos, basta uma pequena pesquisa no google e tem-se uma ideia. 
Há os projectos de permacultura e visão sustentável como por exemplo o meritório projecto Tamera cá em Portugal no Monte Cerro (aqui e aqui).

Não queremos ir por aí, fica apenas esta indicação de um projecto familiar viável.

Namaste!